quarta-feira, 27 de abril de 2016

O homem por trás da fera.

Eu sempre soube de todas as suas mentiras.


Todas as ligações não atendidas e caixas postais, todas as desculpas no dia seguinte (ou no fim do fim de semana). Eu sempre soube de tudo. Não sei como, talvez instinto, mas eu sabia. Eu só não aceitava, assim como não aceito agora, que eu me apaixonei por alguém que mente. Ora, todos cometemos erros, a culpa não é nossa quando se trata de coração...

Mas eu sempre soube que você enganava e, mesmo assim, preferia não agir depois de todas as coisas que você dizia para pedir desculpas. Estou sufocada em palavras não ditas, em lembranças mal entendidas, em noites mal resolvidas que eu mesma preferi deixar assim, pela metade; preferi não aceitar a verdade a perder você.

Porém, meu caro, isso nunca foi sobre perder você. Era sobre perder a pessoa que eu achava que você era, perder quem me fez me perder de mim. Eu só me encontrava naquele cara que eu idealizei, naquela pessoa que não existiu. Eu não me apaixonei por você, me apaixonei por alguém que eu acreditava que você podia ser e é por isso que eu não deixo você ir.

O amor enxerga o melhor das pessoas e isso explica até os contos de fadas. Nenhuma Bela se apaixona pela fera, ela se apaixona pela possibilidade da fera se tornar homem e faz de tudo para que isso aconteça. E é assim que matamos as oportunidades dos nossos finais felizes, tentando tornar feras em humanos.

Não se engane que me engana. Eu me enganei, me enganava, tudo pela possibilidade de ver a humanidade da fera. Mas eu sempre soube, de tudo, desde a primeira mentira; eu sempre soube desde a voz que falava pra mim que isso nunca daria certo; eu sempre soube desde a primeira vez que eu aceitei conhecer você... Não há humanidade na fera!

E aí está uma coisa que eu nunca irei entender: porque chegar tão longe? Porque prosseguir com mentiras intermináveis, porque machucar mais a cada dia a única pessoa que ainda acreditava na sua humanidade? Você tinha razão esse tempo todo, você sempre teve. Não há nada de confiável em você, você é um monstro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

KIRIDA VENK | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS