segunda-feira, 17 de julho de 2017

Poxa cara...

Jogou o corpo para o lado com a pouca força que restava.
Ainda concentrado na ofegante respiração, me deu seu colo. Coração acelerado, carinho no cabelo, olhos fechados, suor. Pelo chão, roupas e todo resto que nos prende a uma vida cheia de leis. Na cama, apenas duas almas entrelaçadas, sentindo uma a outra verdadeiramente.

Os minutos seguintes foram quase automáticos. Vestir, pegar a bolsa, entrar no carro. Um milhão de pensamentos no caminho de volta pra casa. Todas as conversas, os charminhos, joguinhos de conquista ainda vivos no calor do nosso ser.

O dia seguinte é tão leve e cheio de profundas respirações, que chega a ser patético de tão clichê. Horas regadas a Marília Mendonça no último volume, do som e da voz. Pega o celular, pensa um minuto, deixa o celular. Não tem porque falar, mas um 'oi' não vai matar.

E é assim que o tempo fecha. Percebo que toda fofura e desejo da semana toda ficou na cama na noite que passou. Foi maravilhoso, mas sempre existe um 'mas' após a virgula. Um combo de desculpas desnecessárias com justificativas reconfortantes; tudo após algumas horas de visualizado e não respondido. 

Uma simples conversa de dia seguinte vira uma discussão de um relacionamento que nunca existiu regada ao medo de que venha a existir. De repente, eu o vejo usando todos os argumentos que me afaste da esperança de termos algo. Mas, espera aí! Quem disse que essa esperança existiu?

Olha, amigo, quando aceitei a noite de ontem, apenas quis a noite de ontem. Não, eu não estou interessada em te apresentar aos meus pais. Não, eu não planejei nossa primeira viagem ou nosso casamento. E, pasme, eu não quero ter filhos. Talvez eu esteja procurando alguém, mas o que te faz pensar que esse alguém é você? A noite de ontem?

Meu caro, entenda uma coisa, você não é a primeira nem a última única noite da minha vida. E não, eu não quero nada sério só porque quis conversar no dia seguinte. Relaxa! A vida é uma caixinha de surpresas, a gente nunca sabe o que vai acontecer. Mas agora, eu só sei que estou seguindo o jogo e não tenho a intenção de te colocar em campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

KIRIDA VENK | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS