domingo, 6 de agosto de 2017

Talvez não passe

"Dizia que eu fazia um bem danado. No outro dia, foi embora e não deixou nenhum recado."
Ei, esqueci de te dizer, mas eu tenho depressão. O que significa que tudo que vier até mim, atinge com mais força. É por isso que aprendi a ser sincera com os meus sentimentos; é por isso que peço o mesmo a todos que entram na minha vida.

Naquela semana, vi uma notícia de uma menina de 19 anos que se matou. Quando você resolveu ir, eu queria fazer o mesmo. Mas calma, isso não é uma fita da Hanna Baker, você não é uma razão, você não tem culpa. Ninguém tem.

Sabe, eu quis apenas acabar com a dor. Quis calar essa voz que reforça todos os dias quantos fracassos eu carrego na bagagem. Quis silenciar a rejeição que lacrimejava meus olhos.

Ainda bem que você não ficou nesse caos. Ninguém tem a obrigação de me tirar dele e, muito menos, de me ajudar a organizar. Você não tem que me pegar no colo e dizer que vai ficar tudo bem. Nem você, nem ninguém.

Se dessa vez não passar, por favor, não sinta culpa, mas canta pra mim uma última vez? Eu juro que sinto muito por ter atrapalhado seus planos, mas não sinta por reforçar meus pesadelos; eles não estão em você. Eu também queria que as coisas fossem diferentes.

Ah, e não esquece: sorria! Sempre, todos os dias, quanto mais puder. Essa é a parte de você mais difícil de esquecer...

4 comentários:

KIRIDA VENK | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS